ÀS SEGUNDAS DICAS DE PRIMEIRA

Às segundas dicas de primeira – 4 dicas para começar a preparar a Black Friday

Publicado por PONTO25 em 08/11/2021
Às segundas dicas de primeira – 4 dicas para começar a preparar a Black Friday

Está mais do que na hora de preparar o seu negócio para a Black Friday. Este ano a Black Friday calha a dia 26 de novembro, mas a maior parte das marcas começa os descontos antes da sexta-feira.

Como se preparar para a Black Friday
Vamos então perceber quais são os pontos fundamentais a ter em conta na preparação da Black Friday e da Cyber Monday:

1 – Decidir a proposta de valor e oferta
Qual é a oferta que vai dar aos seus clientes?
Em primeiro lugar importa definir qual vai ser a sua oferta para a Black Friday. A mais comum é um desconto em percentagem nos produtos. Podem ser todos os produtos, ou então pode selecionar os produtos para os quais quer aplicar esse desconto, e criar uma categoria especial “Black Friday”. Existem várias opções para organizar a sua campanha:
Desconto de x% em todos os produtos;
Descontos diferentes em produtos/categorias diferentes;
Seleção de produtos com desconto;

A decisão passará pelo seu modelo de negócio e pela margem que tem disponível.

Qual a duração?
O período da Black Friday tem vindo a estender-se nos últimos anos, tendo já grande parte dos retalhistas aderido à Black Friday Week, começando os descontos na segunda-feira anterior à Black Friday, estendendo-se até à segunda-feira seguinte, a Cyber Monday. Seja qual for o período decidido, aconselhamos a que, no mínimo, comece 1 dia antes, na quinta-feira, e termine na segunda-feira seguinte, Cyber Monday.

2 – Planeamento
Depois de decidir qual será a oferta e duração da sua campanha de Black Friday, está na hora de planear esta última semana de novembro:

Vai precisar de identificar com antecedência o que vale ou não a pena entrar na lista de condições especiais. Produtos diversos possuem diferentes custos e procura, entre outros fatores que devem ser levados em consideração. Nem sempre compensa envolver certos itens no evento.

Datas como esta também são uma ótima oportunidade para escoar algumas linhas de produto, mas com cuidado para não investir demasiado em itens com pouca saída. Para encontrar equilíbrio é preciso analisar os dados de tudo que entra e sai da loja, principalmente nos meses anteriores a novembro.

3 – Comunicação 
Escolha os canais onde pretenda divulgar a sua campanha, há imensos meios à sua disposição, tenha sempre em vista o seu público, mas os canais online são a melhor maneira de promover os seus produtos, para além da maioria serem gratuitos o nível de alcance é muito mais abrangente. 

Conheça algumas opções à sua disposição:
Website - banners promocionais, blocos e bundles de produtos;
Loja Online – Recuperação do carrinho, sugestão de produtos, promoções personalizadas;
Newsletter;
Anúncios pagos no Adwords;
Promoção nas redes sociais.

4 – Stock
Por fim, mas sem dúvida dos fatores mais importantes quando preparamos a Black Friday é a gestão do stock. É necessário ter em atenção o elevado número de vendas nestes dias e evitar que o cliente faça uma compra sem stock, que nos vai obrigar não só a devolver o dinheiro, mas a perder esse cliente. O ideal, e mais seguro, será sem dúvida ter stock dedicado à loja online. No entanto, no caso de negócios online que usam stock de lojas físicas, é preciso ter especial atenção. Deverá ter uma integração de stocks atualizado com o mínimo espaço de tempo possível, isto é, near real time, de forma a evitar que o lojista esteja a vender um produto que acabou de ser comprado na loja online. Além disso, no checkout, o stock deverá ser validado e o multibanco desativado, ou então, como alternativa, informar ao cliente que em encomendas MB o stock não é reservado.

Assim, o stock deverá ser atualizado com frequência e o lojista deverá ver as encomendas do online numa aplicação in-store, para que as possa ir separando ao longo do dia, evitando assim a venda do mesmo produto online e nas lojas.

Ainda assim, caso exista uma venda sem stock, prepare um email de desculpas com um pequeno mimo para o seu cliente, como por exemplo um desconto extra na próxima compra.

Adaptado de Tudo sobre ecommerce