ÀS SEGUNDAS DICAS DE PRIMEIRA

Às segundas dicas de primeira – 5 problemas que as empresas têm quando não existe CRM

Publicado por PONTO25 em 16/09/2019
Às segundas dicas de primeira – 5 problemas que as empresas têm quando não existe CRM

Isso não acontece por acaso. A informação centralizada e atualizada em tempo real melhora os índices de produtividade e de assertividade nos processos de marketing e vendas.

Apresentamos alguns problemas mais comuns criados pela falta de organização na gestão do relacionamento com o cliente. 

1. Falta de gestão na equipa de vendas
Quem trabalha com gestor de equipas de vendas sabe que não é fácil organizar os fluxos de trabalho dos profissionais.

Por mais que se explique e discuta as rotinas, aparece sempre alguém a dizer que não fez tal tarefa porque não sabia que era o responsável por ela.

Ao optar por um CRM, todas as tarefas ficam devidamente registadas e os profissionais são notificados sobre elas.
Desta forma, o próprio gestor consegue ter uma visão mais abrangente do processo de trabalho da equipa, conseguindo orientá-la de forma mais adequada.

2. Falta de foco 
Uma das dificuldades criadas pela falta de organização na informação que deve orientar o trabalho dos vendedores é a dispersão.  

Os vendedores acabam por perder tempo com tarefas desnecessárias, que não contribuem com resultados efetivos para o negócio.  

Quando isso acontece, além do desperdício de tempo e recursos, há um problema ainda mais grave: o profissional de vendas fica desmotivado, o que vai prejudicar o seu rendimento.

3. Falha no registo de informação
Com a evolução da tecnologia, não faz sentido que o tratamento dos dados de clientes seja feito de forma manual. Primeiro, pela dificuldade em sistematizar as informações. Segundo, pelo desperdício de conhecimento.

Independentemente da dimensão da empresa ou ramo de atuação, o processo de vendas precisa ser orientado pelas necessidades do cliente. O consumidor passa por diversas fases até tomar a sua decisão e as experiências nessa área confirmam que os resultados aumentam quando a proposta chega no momento certo.

Desenvolvido para esse fim, o sistema facilita tanto o processamento das informações, como a visualização. A partir daí, o vendedor tem uma ideia de como deve preparar a sua abordagem.

4. Falta de medição de resultados
Os registos adequados das informações dos clientes e das tarefas realizadas também são imprescindíveis para avaliar o desempenho da equipa.

Lembre-se que esse tipo de controlo tem um papel importante na empresa. Não serve apenas para acompanhar os resultados, mas, principalmente, implementar melhorias.

5. Problemas no pós-vendas
A retenção de clientes é, hoje em dia, um fator determinante para o sucesso de qualquer negócio. Afinal, custa menos manter um cliente do que conquistar um novo.

Contudo, a oportunidade de realizar um trabalho eficaz cai consideravelmente em empresas que não dispõem de um programa de CRM. 

Na Ponto 25 acreditamos nas potencialidades que um CRM tem na gestão de uma empresa e como tal, lançamos o FIDE que permite fazer todo o controlo da sua carteira de clientes. Peça já a sua demonstração sem compromisso. 

Aceder à fonte da notícia