ÀS SEGUNDAS DICAS DE PRIMEIRA

Às segundas dicas de primeira – 9 Passos para criar um negócio digital

Publicado por PONTO25 em 28/03/2019
Às segundas dicas de primeira – 9 Passos para criar um negócio digital

Hoje são as lojas que vão ao encontro dos consumidores, via internet. Sentados ao computador ou com um smartphone na mão, à distância de um clique podemos comprar os mais variados produtos e serviços, desde as compras mensais para a casa, até roupa e sapatos, bilhetes de cinema, entre muitos outros artigos.

As vantagens são inúmeras, tanto para os consumidores – que têm mais liberdade de escolha e decidem quando, onde e como querem comprar, além de poderem comparar preços mais facilmente -, como para empresas – que ganham acesso a clientes de todo o mundo, uma loja aberta 24 horas por dia e conseguem preços mais competitivos.

1. Criar uma empresa online
Este é o primeiro passo para se lançar no mundo das vendas pela internet. Pode usar os serviços Empresa na hora (www.empresanahora.pt) e Empresa Online (www.portaldaempresa.pt). 

2. Alojar o site na web
De acordo com a estratégia definida e o investimento previsto para o seu negócio digital, pode optar por alojar o site num servidor físico, nas instalações da empresa, ou pela computação em nuvem (‘cloud’), que implica uma estrutura semelhante virtual, ou seja, alojada na internet (sem equipamento informático e respetivo software). Na primeira opção, as empresas são obrigadas a fazer um avultado investimento inicial, enquanto na computação em nuvem pagam por norma uma mensalidade ou anuidade pelo serviço. 

3. Optar pelo tipo de presença na internet
A presença da sua empresa na internet pode ser feita de várias formas. Ou através de um site institucional, que pode ou não incluir produtos, mas sem possibilidade de venda online. Esta hipótese serve para as empresas que queiram dar a conhecer o seu negócio, mas que nesta fase ainda não queiram fazer negócios através da internet. Outra opção é uma Loja Online, ou seja, um site transacional que permite a venda de produtos e o pagamento online, para as empresas que queiram dar a conhecer o seu negócio bem como vender produtos e serviços através da internet. 

4. Escolher o modo de pagamento
Para que possa receber via internet o pagamento pelos produtos ou serviços que vende online, existem várias soluções, como as referências bancárias que podem ser geradas pela própria aplicação de faturação, o MB NET, desenvolvido pela SIBS. Por último, o Paypal é um dos sistemas de pagamento mais conhecidos a nível internacional, funcionando como um “porta moedas” que pode ser usado online. 

5. Garantir uma boa logística
Para assegurar que os seus produtos são entregues aos clientes sem falhas nem atrasos, é importante apostar na Logística. Para isso, siga estas regras: mantenha stock em linha com as vendas; prepare a organização para responder a picos de encomendas; o cliente deve estar sempre informado dos processos (‘tracking’); dê prioridade à resposta a dúvidas e reclamações (mail, chats e fóruns); avalie a importância dos custos de envio; e garanta a rapidez e fiabilidade na entrega. 

6. Apostar numa solução de gestão
Para começar, será necessário um sistema informático de gestão empresarial (Enterprise Resource Planning – ERP) que integre todas as funções mais importantes da gestão da empresa, que seja certificado e permita a emissão do ficheiro SAFT para as Finanças. Da mesma forma, aposte num sistema informático de gestão dos clientes (Customer Relationship Management – CRM). Na Ponto 25, pode encontrar ambas as soluções, tendo a de gestão a possibilidade de integrar com lojas online. 

7. Divulgar o seu negócio digital
Para trazer mais clientes para o seu site, aposte na publicidade online, que pode assumir várias formas, como links patrocinados associados à pesquisa, Display Ads, programas afiliados e redes sociais. 

8. Apostar na mobilidade e nas redes sociais
Com o acesso à internet através de dispositivos móveis a disparar, é uma boa opção preparar o seu site para ser visto de forma otimizada em smartphones e tablets e também considerar a criação de uma aplicação dedicada para as diferentes plataformas. Marque também presença regular nas redes sociais, com uma página empresarial com atualizações frequentes. 

9. Garantir o cumprimento das questões legais
É importante obter junto da ACEPI a certificação para lojas online, assegurando o cumprimento dos requisitos legais. Existem regras de obrigatoriedade de informação, prazos de devolução e proteção de dados dos consumidores que o seu negócio deve cumprir e que devem estar explícitas na informação sobre as condições de compra no site.