ÀS SEGUNDAS DICAS DE PRIMEIRA

Às segundas dicas de primeira – Como estruturar bons processos de gestão?

Publicado por PONTO25 em 01/10/2018
Às segundas dicas de primeira – Como estruturar bons processos de gestão?

Não é fácil gerir o dia a dia de uma empresa. Tomar as decisões acertadas, planear as ações futuras e atingir as metas desejadas, concorda? No entanto, tudo isso é possível com um único método: estruturando bons processos de gestão na sua empresa.

Mas qual é a verdadeira importância de um processo de gestão?

Imagine um conjunto de ações que lhe permita ter o controlo de cada atividade da sua empresa. Imaginou? O que isso possibilita?

Permite saber informações muito importantes para atingir os seus objetivos. Entre eles, podemos destacar:

prever os resultados — ao conhecer cada ação, pode-se estimar a reação;
encontrar as falhas — identificar os pontos que não foram atingidos;
ajustar os processos — resolver as falhas para alcançar o alvo.

Como estruturar os processos de gestão de uma forma prática?

Está a perguntar-se “Como coloco em prática?”, deixamos algumas dicas.

1. Faça um planeamento estratégico

A primeira coisa a saber é onde se quer chegar. Para isso, é necessário ter um planeamento estratégico de acordo com os objetivos.

“Como tomar decisões corretas?”. Neste caso são indispensáveis dados. “Mas, como conseguir dados consistentes?”. É aí que entra a tecnologia.

Imagine que no mês de janeiro o seu negócio teve pouca procura. O que acontece? O stock fica parado e os gastos mensais continuam fixos.

Agora, imagine que se tivesse um software que permitisse visualizar o volume de faturação mensal. Ao analisar os dados do mês de janeiro, e comparando com o ano anterior, iria constatar a quebra de vendas. Com essa análise seria possível planear e adotar uma estratégia de compras, neste caso comprar em menor quantidade.

2. Faça um planeamento operacional

Com base no planeamento estratégico, selecione um conjunto de atividades com o objetivo de definir um plano de ação. Defina os meios e os recursos, além de estruturar e quantificar o plano.

Lembra-se da queda nas vendas? Analise os dados do ano anterior, imagine comprou 100 artigos em janeiro e vendeu apenas 30. Dessa forma, pode definir que no próximo só comprará 50 unidades.

3. Execute o planeamento

Coloque em prática todas as ações que foram planeadas e definidas nas etapas anteriores, para que os resultados sejam alcançados. Para conseguir isso, pode utilizar uma ferramenta que permita simplificar e agilizar as ações executadas, além de registrar e interagir entre os setores, como por exemplo um software de gestão e faturação.

Na Ponto 25 poderá encontrar soluções para várias áreas de negócio, que lhe permitem controlar a faturação, mas também a gestão da sua empresa.

4. Faça o controlo

Por fim, certifique-se que a plataforma permite comparar os números pretendidos aos alcançados. Isso possibilita reduzir a desvio de informações, aumentando assim a confiabilidade e simplificando o controlo.

Então analise os resultados e se forem diferentes do pretendido, reorganize e ataque!

Por exemplo, o saldo final não foi o esperado, então na sua aplicação e analise área por área. Observe o relatório financeiro, as entradas e saídas de stock, o desempenho de cada funcionário, os documentos emitidos, a conciliação bancária, etc. Os pontos que não foram de encontro ao planeado devem ser ajustados.

 Aceder à fonte da notícia